"Agrada-te do Senhor, e Ele satisfará os desejos do teu coração. Entrega o teu caminho ao Senhor, confia nele, e o mais Ele fará." Sl37: 4-5















sábado, 18 de outubro de 2014

Tudo vai acontecer no tempo certo

Essa semana eu tentei ficar um pouco distante do computador. Não assisti muitos filmes, não li muitas reportagens e nem escrevi no blog. Eu quis fazer uma limpeza na minha cabeça.
O estudo que eu ministrei na última quarta no grupo de brasileiros falava de saúde mental e tocou muito em mim. Eu senti que era hora de diminuir o acesso as informações seculares e aumentar o alimento espiritual. 
Como vcs sabem, eu não estou estudando e nem trabalhando agora, então, eu tenho que tomar cuidado pra não deixar que minha vida fique vazia, sem sentido e sem rumo. Preciso me preencher de alguma forma pra que os dias não passem em branco. 
Tudo que eu ouço e vejo entra na minha mente, já que eu não estou ocupada, portanto, é importante que eu escolha o que vai me preencher pra que eu não fique cheia de coisas sem valor.
É claro que eu tenho as minhas obrigações domésticas e elas nunca acabam!!! mas não é a mesma coisa que estar estudando ou trabalhando fora. Depois de uma certa idade a gente não consegue mais ficar em casa vendo o tempo passar, pq sabemos que a nossa vida está passando tb. Pelo menos eu sinto necessidade de ver meus alvos sendo alcançados, projetos realizados e obstáculos superados.
Viver por viver só faz sentido quando a gente não tem maturidade pra entender o valor da vida. É aceitável pra crianças e adolescentes, mas não pra adultos. 
Como cristã, eu não acredito que ninguém alcance a salvação pelas boas obras que faz, mas eu acredito sim que todo aquele que conhece a Deus de perto sabe da importância de ajudar o próximo.
E nada pode preencher mais a nossa vida do que estender a mão pra quem precisa. Seja materialmente ou espiritualmente. 
Como imigrante é preciso entender que as coisas nem sempre vão acontecer no tempo que queremos ou planejamos, mas nem por isso devemos nos desanimar. Eu estou vivendo bem o versículo que diz "Esperei com paciência no Senhor" rsrsrsrs... As vezes questiono minhas qualificações, minha capacidade profissional, me sinto pra baixo, mas eu sei que tudo vai dar certo na hora que tiver que dar certo, pq é sempre assim.
"Tudo tem o seu tempo determinado, e há tempo para todo o propósito debaixo do céu. Há tempo de nascer, e tempo de morrer; tempo de plantar, e tempo de arrancar o que se plantou." Eclesiastes 3:1-2
Mês que vem eu já vou estar aplicando pra cidadania e isso me faz pensar em tudo o que eu vivi pra chegar até aqui. Foram anos de espera, de ansiedade, de papeis, documentos, de sonhos... tinha momentos que parecia que eu nunca viria pro Canadá, que Vancouver era um sonho distante, mas hoje eu estou aqui, vivendo esse sonho e, em breve, me tornando parte desse país como cidadã, não é o máximo??? Então, eu digo a vc que está como eu agora, esperando algo acontecer, sem perspectiva, que Deus vai abrir a porta na hora certa. Não desanime, não olhe as circunstâncias, o mesmo Deus que te prometeu é Deus pra cumprir na sua vida.
Que o Senhor nos dê uma nova semana cheia de bênçãos.

domingo, 12 de outubro de 2014

Amanhã é Thanksgiving!!!!

Pelo menos aqui no Canadá rsrsrsrs... Eu não sei o resto do mundo, mas os únicos países que eu conheço que comemoram o thanksgiving são os EUA e o Canadá. O Canadá é amanhã, no mês de outubro, e os EUA em novembro.
Eu sou apaixonada pelo thanksgiving mais do que qualquer outro feriado. Acho muito legal a ideia de tirar um dia pra agradecer a Deus. Eu sei que todos os dias deveriam ser dias de agradecimento, mas nós sabemos que não são.
Eu acho interessante que tanto o Canadá quanto os EUA têm raízes protestantes, ou seja, foram países criados com uma base cristã, e seus colonizadores perceberam que era importante trazer pro novo mundo o dia de ação de graças que era comemorado na Europa. Eles estavam começando novos países, enfrentando muitas dificuldades, mas sabiam que tinham motivos pra agradecer pq Deus estava com eles, fosse na colheita abençoada, na comida na mesa ou nas batalhas. 
Quem tem Deus na vida sabe que, apesar de qualquer coisa, nós sempre temos motivos pra agradecer.
A maioria dos feriados tem um marketing de compra forte, mas o thanksgiving é diferente. É um dia que as famílias e os amigos se sentam a mesa pra agradecer a Deus e pra comerem juntos.
É claro que muita gente nem lembra da parte do agradecer, mas eu tenho isso muito forte em mim. Durante todos os anos que morei nos EUA eu comemorei o thanksgiving com o pessoal da igreja que eu frequentava. Todo ano era a maior festa!!! mesas enormes cheias de frutas, tortas, saladas, perú, farofa e muuuito churrasco!!! Sempre fazíamos num parque lindo, onde as crianças tinham espaço pra brincar e correr.
Aqui no Canadá passamos o thanksgiving com os amigos e amanhã não vai ser diferente. Vamos pra casa de uma amiga. Engraçado é que cada ano que passa chega mais brasileiros aqui em Richmond e o grupo tá crescendo. Há três anos atrás eram umas 10 pessoas e agora estamos contando pra amanhã mais de 30 rsrsrsrsr...
Eu vou encerrar essa postagem listando alguns motivos de agradecimento. Razãos pelas quais eu agradeço a Deus:
Pela minha família direta, marido e filha, e indireta, mãe, irmãs, pai, sogros, tias, tios e etc
Pela minha saúde. Estou caminhando para o quarto ano sem câncer
Pelo alimento na mesa e pelo emprego do meu marido que tem nos sustentando
Pelos amigos que eu tenho e pelas pessoas que Deus tem colocado no meu caminho
Pelo Canadá, país que me acolheu e que eu amo muito
Pelo diploma que conquistei aqui
Por Deus ter me amado antes mesmo de eu conhecê-lO.
Que o Senhor nos dê um thanksgiving abençoado.
Happy Thanksgiving pra vcs!!! :):):)
"Em tudo dai graças, porque esta é a vontade de Deus em Cristo Jesus para convosco." 
1 Tessalonicenses 5:18

quinta-feira, 9 de outubro de 2014

Saindo dos dias cinzas

Depois de alguns dias cinzentos na minha vida eu estou começando a ver o sol. Deus tem renovado as minhas forças.
Entrei em consagração e tenho conversado muito comigo mesma e com o Senhor. 
Esses momentos de dificuldades sempre me levam a uma autoavalição. Eu acredito que tudo na nossa vida tem uma razão de ser e que os problemas servem pra nos amadurecer espiritualmente, então, toda vez que o meu emocional me deixa na mão eu tento entender o que está acontecendo. Eu olho pra dentro de mim e procuro saber o que precisa ser aprimorado, em que área eu estou errando ou, até mesmo, falhando, seja como mãe, como esposa, como amiga, como filha ou como cristã.
É claro que eu sempre vejo inúmeros defeitos em mim e eu sei que nunca vou conseguir consertar todos, pq, afinal, eu sou humana e imperfeita. Mas eu acho importante buscar o meu melhor no meio a essas crises.
Depois de mais de 13 anos como cristã e de muitos momentos difíceis na minha vida eu posso dizer a vcs que a minha fé, sem sombra de dúvida, tem sido uma grande ajuda nos dias ruins. Eu tenho encontrado apoio, conforto e força em Deus para dar a volta por cima em qualquer situação. Mas eu não posso deixar de dizer que hoje eu entendo que o meu emocional precisa de uma atenção especial. Não é falta de fé, eu, simplesmente, sou mais sensível a algumas coisas do que as pessoas "normais". Tem situações que me tocam profundamente e me abalam mais do que deveria e eu tenho consciência disso.
Quando eu começo a sentir que tudo está dando errado, que o medo está tomando o meu coração e me desencorajando, que a esperança está dando lugar a tristeza eu sei que é hora de parar tudo e reavaliar o meu estado emocional. Pq eu não posso deixar que "sentimentos mentirosos" tomem conta de mim e me destruam pouco a pouco.
Bom, gente, hoje eu resolvi escrever um pouco sobre os meus desafios pra dizer a vcs que estou melhor :) E tb pra encorajar aqueles que precisam a buscar forças em Deus pra vencer as dificuldades do dia a dia.
Pra encerrar eu gostaria de dizer que na postagem anterior eu recebi um comentário de um anônimo dizendo que eu não deveria falar de Deus, que era uma vergonha a minha posição política... algo mais ou menos assim.  No dia eu estava azeda e nem publiquei o comentário. Eu estava de mau humor e não quis perder meu tempo argumentando com alguém que não me conhece e nem tem coragem de comentar com o próprio nome. Mas eu gostaria de dizer a essa pessoa e a qualquer um que se sentiu ofendido com o que foi postado que, independente dos meus erros, sejam eles quais forem, eu nunca vou parar de falar de Deus, pq Deus pra mim não é uma estátua na estante, uma foto na parede ou algo desconhecido. Deus é o meu Deus, o meu Pai vivo e presente na minha vida. Ele é maior do que as eleições no Brasil, do que partidos ou opiniões pessoais, Ele, pra mim, é o meu tudo. Ele sabe que eu não sou perfeita e Ele me amou antes mesmo de eu conhecê-lO e Ele me conheceu antes mesmo de eu nascer, quando no ventre da minha mãe eu era uma criatura sem forma. Se alguém acha que eu não sou digna de falar de Deus, pq eu não concordo que um partido político eu só tenho uma coisa a te dizer: lamento por vc!!! :)
Boa noite a todos e que Deus nos dê um resto de semana abençoada.
"Eu te louvarei, porque de um modo assombroso, e tão maravilhoso fui feito; maravilhosas são as tuas obras, e a minha alma o sabe muito bem.
Os meus ossos não te foram encobertos, quando no oculto fui feito, e entretecido nas profundezas da terra.
Os teus olhos viram o meu corpo ainda informe; e no teu livro todas estas coisas foram escritas; as quais em continuação foram formadas, quando nem ainda uma delas havia." Salmos 139:14-16

segunda-feira, 6 de outubro de 2014

Tem dias que são difíceis

É isso mesmo, meus últimos dias não têm sido dos melhores. Não posso reclamar já que estou com saúde e com comida na mesa, mas é que `as vezes me dá um desânimo!!! Nada de emprego ainda, minha filha continua tendo algumas dificuldades na escola, meu marido acha que minha vida é fácil e eu me sinto exausta.
Eu tive mais uma reunião com o cara do mentorship, mas, sinceramente, eu não sei se vai me ajudar muito. Fiquei indignada quando ele me disse que eu parecia desanimada, que eu devia ser mais energética... como assim??? eu estava desanimada em ouvir ele falar um monte de coisas que não iam me ajudar em nada!!!
O lado bom de toda essa crise é que na última quarta começamos o estudo bíblico aqui em casa e foi muito legal. Eu não sabia o quanto eu sentia falta de falar das coisas de Deus em meu idioma. E estudar a bíblia e buscar o alimento espiritual me fortalece pra superar as dificuldades do dia a dia. Sem dúvida não dá pra viver sem Deus, pelo menos, eu não conseguiria. Fico pensando com algumas pessoas conseguem enfrentar a vida sem um pouco de fé, pq é a fé que me faz dar a volta por cima.
Eu sei que estou abatida hoje, mas amanhã é um novo dia.
É bem complicado começar a vida em um outro país. Pra poucos as coisas fluem logo de cara, mas a maioria enfrenta alguns obstáculos e eu, só pra variar, sou uma dessas.
Mudando de assunto, em épocas de eleição eu tenho que deixar a minha opinião aqui. Não apoiei ninguém no primeiro turno, mas deixei bem claro que qualquer um seria melhor do que deixar o PT no poder. Eu sei que as opções não são boas, mas eu acho um absurdo um partido que tem roubado descaradamente, explicitamente, continuar no poder como se fosse dono do país. Mesmo que a gente não tenha um bom candidato é preciso tirar a Dilma da presidência, com todos os sem terra, sem casa, sem isso e sem aquilo. 
Fiquei muito feliz de ver que ela ficou em terceiro lugar em vários países desenvolvidos nos quais os brasileiros votaram, incluindo o Canadá, Israel, Japão, Bélgica e etc. E fiquei muito triste pelo meu nordeste e pelo norte do Brasil, as regiões que continuam sendo enganadas pelo PT.
Bom, gente, eu vou ficando por aqui. Que Deus nos dê dias melhores.

terça-feira, 30 de setembro de 2014

Minhas entrevistas de trabalho

Desde que eu comecei a colocar curriculums na internet eu passei por duas entrevistas pessoais e umas cinco por telefone.
A minha primeira entrevista pessoal eu escrevi aqui no blog como foi e não deu em nada. Eu fiquei dias com a esperança de ser chamada, mas tive que lidar com a realidade de que eu estava muito "crua"e, provavelmente, não seria a última vez que as coisas não dariam certo.
Entrevistas de trabalho pra nós imigrantes é sempre um desafio. Nós precisamos estar preparados pra agir e pensar como canadenses na hora de responder as perguntas e isso vem com o tempo e com a prática. 
Grande parte das empresas querem ter certeza que os novos empregados vão saber se comportar conforme a cultura local. Por exemplo: na reunião que eu tive semana passada sobre o mentorship, o palestrante disse que aqui é muito difícil que um chefe dê uma ordem direta. Normalmente ele/ela pede algo assim: When you have time could you please...
Não significa que vc deve fazer somente quando puder, isso é uma ordem e deve ser encarada como tal. 
Pra quem não sabe, o canadense é um povo muito acostumado a pedir por favor, desculpa e a agradecer. Se eu me esbarro em alguém e a culpa é minha eu digo "I am sorry" e a pessoa que foi esbarrada diz "I am sorry" tb. É muuuuito comum!!!
Mas voltando as entrevistas, há três semanas eu fiz uma por telefone. Um cara me ligou bem na hora que eu estava com três panelas no fogo e minha filha me gritando no banheiro. Pensei até em continuar a ligação mas lembrei que uma amiga minha tinha me dito que quando uma empresa me ligasse eu deveria pedir pra retornar a ligação, pq aí eu teria tempo pra me preparar pra responder as perguntas propriamente. Então, eu pedi que ele me ligasse de volta em meia hora e ele concordou.
Desliguei as panelas, coloquei minha filha sentada assistindo tv, abri meu computador e o meu curriculum e fiquei esperando o telefone tocar. Em menos de meia hora o cara me ligou e foi mega simpático!!! conversamos muuito, respondi as perguntas com segurança até ele me fazer a última pergunta: Se vc fosse um dinossauro que dinossauro vc seria???
Eu não estava esperando por essa!!!! juro que dois segundos pensando o que eu deveria responder paraceram um século e eu falei o que veio na minha cabeça: eu não sei nada de dinossauros, mas se eu fosse um eu gostaria de ser um que pudesse nadar, pq eu gosto muito de água.
E eu acho que foi aí que eu morri na praia rsrsrsrsrsrs.... 
Ontem eu tive mais uma entrevista pessoal, ou seja, cara a cara. Fui preparada, segura de mim, das respostas que eu deveria dar e das perguntas que eu deveria fazer, mas eu não achei o emprego atraente. A empresa quer que a pessoa que eles contratarem faça o trabalho de três funcionários por um salário inferior ao do mercado. E um sinal de que o emprego não deve ser muito bom é que a pessoa que eles têm agora na vaga só ficou lá por três meses e já pediu pra sair.
É claro que quem está começando tem que pegar qualquer coisa, por isso eu não descartei de cara, mas tb não fiz muito questão não.
Amanhã tenho mais um reunião do mentorship e estou aguardando ser chamada pra uma entrevista em uma empresa em Burnaby.
As vezes eu fico preocupada por não estar surgindo nada, mas depois eu penso que Deus está no controle e o que é pra vir pra mim vai vim.
Mudando de assunto, amanhã vou fazer o primeiro estudo bíblico aqui em casa!!! O ap não é grande mas a gente se ajeita rsrsrsrsrs... Vou servir hot dog pra gente engordar mais um pouco rsrsrsrsrs.
Bom, boa noite pra vcs.

terça-feira, 23 de setembro de 2014

Mentorship pra gente como eu

Hoje eu participei de uma info session sobre mentorship no Skills Connect e foi bem interessante.
Só haviam quatro pessoas na sala e o instrutor, que estava explicando como o programa funciona.
Todos que estavam ali já sabiam o que era mentorship, mas, pelo que eu entendi, o Skills Connect se preocupa em dar uma orientação antes de começar o programa pra que as pessoas não cometam muitas gafes ou gafes exageradas. Por exemplo:
1- Uma vez um mentor se dispôs a ajudar um profissional que era recém chegado do seu país de origem, e a primeira coisa que o rapaz disse foi: Vc vai me ajudar a conseguir um emprego, né??? pq nós somos irmãos...
Fala sério, né??? rsrsrsrsrs... Não é pq a pessoa veio do mesmo país que vc que ela vai ter que te conseguir um emprego. E tem mais, o papel do mentor não é te dar um emprego, mas sim te orientar pra que vc consiga um. É bem verdade que se o mentor criar um relacionamento de confiança com o profissional que ele está ajudando pode ser que ele o indique pra uma vaga caso surja uma oportunidade.
2- Uma mulher tinha uma reunião no horário da tarde com seu mentor e ela aproveitou que estava no shopping com a família e levou todo mundo pra reunião: marido, criança, bebê e sacolas de compra. Dá pra acreditar???
O counsellor dela perguntou se ela agiria assim numa entrevista de trabalho no seu país de origem e ela respondeu enfaticamente: Claro que não!!!
Então fica a pergunta: pq ela fez aqui no Canadá o que ela não faria no país dela???
O mentorship é um programa que pode ajudar um profissional preparado a conseguir o primeiro emprego através do networking. O mentor é uma pessoa da sua área de atuação que voluntaria 24hrs em um período de quatro meses do tempo dele pra te ajudar com dicas sobre resume, cover letter, entrevista, empresas e etc. Com muita sorte, se houver uma confiança mútua, pode ser que o mentor te indique pra algum trabalho, mas não é esse o objetivo do programa.
Mudando de assunto, no sábado passado eu participei de mais um grupo de oração aqui em Richmond. O grupo que começou comigo e minha amiga hondurenha tem crescido e tem sido muito bom dividir a palavra de Deus com velhas e novas amigas.
Hoje tivemos um jantar com um dos pastores da igreja daqui de Richmond e ele nos deu sinal verde pra começarmos um growth group em português na nossa casa. Eu, meu marido e mais um casal de amigos vamos estar nos reunindo a partir da semana que vem.
Por favor estejam orando por esse trabalho. Falar de Deus é sempre bom.

sexta-feira, 19 de setembro de 2014

A importância do saber

Depois de um verão maravilhoso com muito sol e calor, a chuva voltou. Mas eu não estou reclamando!!! este ano nós tivemos pouquíssimo frio e eu aproveitei bastante!!!
Agora é hora de curtir a mudança da paisagem e desfrutar do lado bom que o frio nos traz... Sim, gente, tem lado bom!!! rsrsrsrsrsr... Montanhas com neve, chocolate quente, roupas elegantes, friozinho gostoso e mais sono... tudo de bom!!! rsrsrsrs...
Mas eu comecei a escrever este post pra contar vcs o que aconteceu comigo hoje e não pra falar do clima daqui rsrsrsrs...
Eu acordei cedo pra levar minha filha a escola e diferente dos outros dias, que eu me arrumei pra ir a academia, hoje eu não senti vontade de ir. Na minha cabeça eu estava com preguiça, então, eu levaria minha filha e depois voltaria correndo pra dormir bem quentinha debaixo do edredon. Plano perfeito, né??? rsrsrsrs... mas Deus tinha um outro plano pra mim.
Depois que eu deixei minha filha na sala eu encontrei minha amiga brasileira, mãe da melhor amiga de minha filha, e uma outra mãe da escola logo no hall de saída. Não sei se elas me chamaram ou eu parei pra falar com elas, eu só sei que elas me disseram que teria uma palestra pra ensinar como fazer a mesa pro Rosha Hashanah, ano novo judaico, e me perguntaram se eu não queria ficar. Na hora minha resposta imediata foi: ah, não!!! rsrsrsrsrsr...
Mas elas insistiram e eu acabei ficando. Pra minha surpresa não foi nada de organização de mesa, foi um estudo bíblico dado por um professor israelense sobre os príncipios do Rosha Hashanah para os judeus.  
Ele abordou a criação, o homem como semelhante a Deus (E criou Deus o homem à sua imagem; à imagem de Deus o criou; homem e mulher os criou. Gênesis 1:27), o julgamento de Deus e a idolatria. Todos esses assuntos são ligados ao ano novo judaico.
Como uma cristã que é apaixonada pela bíblia, eu sou muito curiosa em relação ao judaísmo. Ouvir uma ministração judaica ou participar de suas festividades é como se eu estivesse mergulhando nas páginas do antigo testamento e entendo melhor como Moisés, Daniel, Davi e muitos outros homens e mulheres de Deus se relacionavam com o Senhor.
Bom, eu prestei bastante atenção no que estava sendo falado e algumas partes do estudo me chamaram atenção:
1- Deus criou o homem um ser pensante, capaz de fazer escolhas, de dominar os animais e o mundo, um ser com emoções. Diferente de todo o resto que já tinha sido criado nos dias anteriores Deus criou o homem acima de todas as demais criações, o que nos mostra como somos especiais pra Ele.
O professor, então, leu como alguns povos vêem a criação do mundo e foi interessante constatar que diferente da bíblia, outras crenças não colocam o homem num patamar especial, mas no mesmo nível que as criaturas, ou seja, animais e natureza.
Eu não comentei nada, mas, como cristã, eu tenho visto nos últimos anos uma crescente preocupação com os animais e natureza e um descaso contínuo em relação ao ser humano.
Não estou dizendo que não devemos nos preocupar com os animais abandonados ou com a natureza como um todo, mas não é coerente que um bicho tenha mais atenção que um ser humano. Gente, isso não é bíblico!!! Nós somos filhos de Deus, nós fomos criados a Sua imagem e semelhança, nós e não as demais criaturas.

2- Para os judeus existe um dia no ano que Deus julga os nossos atos. É como se fosse um dia que nós tívessemos que parar e analisar as nossas vidas, vê o que está errado e fazer melhor. Eu não falei nada, mas pra nós, cristãos, é bem diferente. Nós não temos um dia pra nos avaliarmos por ano, pq todos os dias que nós nos chegamos a Deus em oração nós somos confrontados com os nossos pecados. Existe uma necessidade de estarmos prontos diariamente pro Senhor pq não sabemos o dia que Ele nos chamará.
O professor, inclusive, comparou Deus com um pai de família. Ele disse que um pai perdoa o filho por mais errado que ele esteja mesmo que ele não peça perdão.
Gente, mais uma vez eu não falei nada, mas quanto a isso eu não concordo. Deus não pode perdoar quem não se arrepende. É claro que Ele ama e o seu amor não é reduzido pelo tamanho dos nossos erros, mas se não houver arrependimento não há perdão. Por outro lado, por pior que sejam os nossos erros, por mais absurdos que possam ser havendo arrependimento existe perdão.

3- Idolatria. Segundo o professor, e eu concordo plenamente, muitas coisas são importantes pra Deus, mas a idolaria é abominável. E a idolatria que Deus não tolera e é claramente citada na bíblia é a de imagens de escultura.
Atribuir a divindade de Deus pra uma coisa sem vida, criada por mãos humanas, é desrespeitar a grandeza de Deus.
Eu citei o Salmo 115, que diz: ...Os ídolos deles são prata e ouro, obra das mãos dos homens.
Têm boca, mas não falam; olhos têm, mas não vêem.
Têm ouvidos, mas não ouvem; narizes têm, mas não cheiram.
Têm mãos, mas não apalpam; pés têm, mas não andam; nem som algum sai da sua garganta.
A eles se tornem semelhantes os que os fazem, assim como todos os que neles confiam.
Gente, pra encerrar eu gostaria de dizer que a fé vem pelo ouvir e o ouvir da palavra de Deus. Vc não perde nada em buscar conhecimento bíblico, pq o conhecimento nos leva pra mais perto de Deus e nos impede de sermos enganados por seitas e crenças mentirosas.
"De sorte que a fé é pelo ouvir, e o ouvir pela palavra de Deus." Romanos 10:17
Que o Senhos nos dê um final de semana abençoado.