"Agrada-te do Senhor, e Ele satisfará os desejos do teu coração. Entrega o teu caminho ao Senhor, confia nele, e o mais Ele fará." Sl37: 4-5















domingo, 1 de março de 2015

Mais uma conquista

Oi gente, me desculpem pela demora em escrever, mas eu estava muito focada na minha última semana de aula. Graças a Deus deu tudo certo, eu terminei a parte teórica e amanhã começo o meu estágio. Eu sinto que pouco a pouco eu estou construindo uma base sólida pra minha carreira aqui no Canadá. Tenho certeza que vou colher os frutos do meu esforço em breve. 
Me sinto mais segura profissionalmente agora do que quando eu deixei o BCIT. Esse curso realmente foi uma bênção de Deus pra minha vida.
Mas eu estou aqui hoje pra contar pra vcs outra coisa. Em outubro do ano passado a imigração mandou uma carta convidando meu marido pra prova de cidadania. Ele tinha um mês pra estudar e ficar pronto pra responder 20 perguntas em 30 minutos. No começo ele tentou ler o livro, mas não deu conta. Ele não conseguia se concentrar de jeito nenhum!!!! pra ajudar, eu li o livro e comecei a fazer o resumo de cada página,  mas foi quando alguns amigos sugeriram comprar apps que simulavam o teste e aí pareceu ficar menos complicado. Baixamos dois apps e compramos o passe anual de um site preparatório pra prova e o meu marido começou a fazer os simulados pra aprender com os erros. Infelizmente não foi o suficiente e ele não passou. Só acertou 11 perguntas de 20. Ele ficou muito triste e eu mais ainda por ele, pq eu não tinha como ajudá-lo. Cheguei a mandar uma carta pra imigração explicando que ele tinha dificuldades de concentração e que pra ele uma entrevista funcionaria melhor, mas eles não responderam. No começo de fevereiro recebemos uma carta remarcando a prova pro dia 25 de fevereiro, ou seja, menos de um mês. Mas dessa vez eu já tinha um pouco mais de conhecimento sobre déficit de atenção. Por causa do diagnóstico de minha filha eu tinha estudado sobre os medicamentos e sugeri que ele procurasse um médico pra ser medicado, pelo menos, até fazer a prova. Ele ficou um pouco desconfiado mas foi, pegou a prescription e começou a tomar o remédio. Gente, no primeiro dia ele já viu a diferença, parece que o cérebro dele se ajustou e ele começou a ter facilidade em focar e aprender. 
Ele teve que parar por uns dias pq sentiu dor de estômago, mas voltou a tomar faltando uma semana pra prova. Resultado: de 20 questões ele só errou uma e fez a prova em 6 minutos.
Essa experiência me deu tranquilidade pra iniciar o tratamento de minha filha. Eu vi na minha família o quanto que o medicamento foi importante pra a auto-estima do meu marido e pra ajuda-lo nos estudos.
Eu penso que tem muita gente usando medicamentos sem necessidade, mas não é o caso daqui de casa. Existem sim motivos concretos pra que eu, a pediatra e a escola tentemos o remédio.
Como mãe eu gostaria de não precisar dar nada pra minha filha, mas eu não posso privar ela de ser ajudada. Não é justo que ela sofra, que fique com baixa auto-estima e atrasada pq eu não acho certo medica-la. Eu penso que tenho que fazer tudo o que foi recomendado pela psicóloga, pediatra e pela escola. Eles não estão querendo prejudica-la, muito pelo contrário, há um grande esforço pra que ela supere suas dificuldades, então, eu não posso ficar no caminho.
Pensei muito, pesquisei muito, analisei diferentes opiniões e cheguei a conclusão de que cada caso é um caso e no caso da minha filha ela precisa do remédio.
Bom, a médica me passou a prescription e me recomendou que eu desse metade uma cápsula pela manhã, depois do café da manhã. Mas dividir o pozinho da cápsula era muito complicado e eu resolvi dar a cápsula inteira. Pra quê??? ela foi pra escola, prestou atenção na aula, mas depois ficou super elétrica!!! falava pelos cotovelos, cheia de ideias e histórias pra contar.... resumo: ninguém dormiu, meu marido ficou apavorado e eu suspendi o remédio no dia seguinte rsrsrsrs... Dois dias depois eu dei metade do pozinho e ela prestou atenção, não tanto quanto no primeiro dia, mas não teve nenhum efeito colateral. No outro dia eu dei 75% do pozinho e ela prestou atenção, não teve efeito colateral, mas eu percebi que ela ficou mais sensível. Ontem, sábado, e hoje eu não dei nada. Semana que vem, dia 9, eu vou ter uma consulta com a pediatra pra avaliar a dosagem e os resultados, mas a escola está bem animada. Parece que estamos acertando.
Vou ficando por aqui. Que Deus abençoe a nossa semana.

domingo, 15 de fevereiro de 2015

Final de semana bom demais!!!

Desculpem pela demora pra atualizar o blog, mas meus dias têm sido cheios. Só faltam duas semanas pra acabar o curso que eu estou fazendo na SFU e eu continuo com os meus estudos bíblicos semanais aqui em casa, com o curso de liderança da igreja e com a vida social movimentada.
Não dá nem pra acreditar que chegamos aqui sem conhecer nada e nem ninguém rsrsrsrsr...
Todo mundo que Deus vai colocando nas nossas vidas meu marido quer convidar pra jantar aqui em casa. Eu tenho que ficar controlado pq do contrário é festa atrás de festa rsrsrsrsr... Não estou reclamando, eu até gosto, mas quando eu tenho projetos pra entregar e apresentações pra fazer fica complicado.
Ontem recebemos aqui em casa duas famílias da escola de minha filha. Pensem num momento agradável!!! nossa, foi ótimo!!!! Eu estava preocupada com o quê eu ia servir, já que muitos judeus seguem as recomendações bíblicas do Antigo Testamento, mas a minha comida fez sucesso... ufa!!!! rsrsrsrsr... Eu fiz costela de boi com feijão tropeiro e salada pra quem gosta de carne e frango ao molho de curry com arroz e salada pra quem quisesse uma outra opção.  Depois de comermos, conversarmos e rirmos muuuito, um dos casais trouxe o violão e nos proporcionou um momento maravilhoso de música ao vivo!!! Nessa hora eu só pensei em como Deus foi bom de me tirar do terceiro andar e me colocar no primeiro, pq agora eu faço o barulho que quiser e ninguém fala nada :)
O próximo jantar que eu vou fazer vai ser pra duas famílias hispanas, uma do México e outra da República Dominicana... Ainda não sei o que vou servir rsrsrsrsrsr.... Preciso de mais criatividade.
Mudando de assunto.... Gente, o estudo bíblico da última sexta foi muuuuito bom!!! Eu falei, a pedido de um amigo meu, sobre como vencer as batalhas espirituais. Levei o grupo a meditar sobre a armadura de Deus e citei alguns exemplos bíblicos de pessoas que venceram desafios confiando em Deus. Em todo o momento que eu falava eu sentia que o Espírito Santo estava falando comigo e através de mim. Eu acho que todos que estavam aqui tb sentiram algo diferente no ar. O clima estava cheio da presença de Deus!!!
Talvez vcs não saibam, mas nem sempre é assim. Quando nos propomos a estudar a bíblia o "inimigo das nossas almas" faz de tudo pra nos impedir. As vezes as pessoas não conseguem vir, as vezes vêm mas não conseguem prestar atenção, outras vezes vêm, prestam atenção, mas o clima está pesado, enfim, é uma luta. Mas quando estão todos no mesmo espírito a coisa flui de uma forma tão maravilhosa que não dá vontade nem de ir embora.
Bom gente, eu vou dormir. Amanhã tenho curso e ainda uma consulta com a pediatra de minha filha pra conversamos a respeito de um medicamento. Na última consulta que eu tive com ela há umas três semanas ela me apresentou um remédio mais fraco e que tem demonstrado ser muito eficiente. Não tem nada haver com ritalina e essas drogas mais pesadas. Ela, inclusive me deu um livro a respeito e, por coincidência a minha médica de família, que é mãe e brasileira, uma pessoa que eu confio, me ligou por acaso semana passada e quando soube do problema de déficite de atenção da minha filha me sugeriu esse mesmo remédio. 
Ainda não tem nada certo, mas tenho lido muito e buscado informações tanto em inglês quanto em português e estou confiante de que as coisas vão se ajeitar.
Pra encerrar, me desculpe o resto do Canadá, mas o verão já chegou por aqui :)
Boa noite a todos e que Deus nos dê uma semana abençoada.

segunda-feira, 9 de fevereiro de 2015

Vai valer a pena!!!!

Oi gente, são quase duas da manhã. Acabei de fazer alguns trabalhos do meu curso. É o último mês de aula antes do estágio e a carga tá bem puxada!!! Mas eu não parei aqui pra falar sobre isso.
Eu tenho um amigo aqui que está passando por momentos de muita batalha emocional. Ele imigrou com a família há pouco tempo e as incertezas e dificuldades do dia a dia têm deixado ele bem abatido. 
Eu, meu marido e amigos que já passaram pela mesma situação têm conversado com ele, mas sabe aquela fase de céu cinza, quando a pessoa não consegue enxergar que existe sol atrás das nuvens??? pois é, ele está assim.
Eu queria muito que ele acreditasse na gente quando dizemos que as coisas vão se ajeitar e tudo vai dar certo, na hora que Deus quiser que der certo. Mas ele já está falando em voltar pro Brasil!!! Infelizmente a fé não é pra todo mundo. Eu queria poder penetrar no coração dele e colocar um pouquinho de fé, só um pouquinho pra que ele conseguisse ouvir a voz de Deus no meio de todo esse conflito que ele está vivendo.
Eu bem sei que as vezes o "inimigo de nossas almas" ataca a nossa mente com palavras de desânimo, de fracasso, com mentiras dizendo que não vamos conseguir, que não vai dar certo, que é melhor desistir... Mas nós temos que lembrar que o diabo veio pra matar, roubar e destruir. Ele veio pra matar a nossa alma, os nossos sonhos, ele veio pra roubar a nossa estabilidade, a nossa família, os nossos amigos, ele veio pra nos destruir. Porém a bíblia diz que ele é um derrotado, que Jesus veio pra nos dar vida e vida em abundância. Se Deus é por nós quem será contra nós???

"...Não tema, pois eu o resgatei; eu o chamei pelo nome; você é meu.
Quando você atravessar as águas, eu estarei com você; e, quando você atravessar os rios, eles não o encobrirão. Quando você andar através do fogo, você não se queimará; as chamas não o deixarão em brasas." Isaías 43:1-2

No estudo bíblica que tivemos aqui em casa nós falamos sobre dons espirituais e enquanto eu ministrava eu senti falta da ousadia que eu já tive em repreender o mal, em lutar espiritualmente pra alcançar meus objetivos. Pq por mais que as pessoas não acreditem nós vivemos numa batalha espiritual diária. É preciso ter discernimento do Espírito e fé pra olhar para as situações que nos colocam pra baixo e repreender, não aceitar se não for de Deus.
A vida da gente é muito curta pra que percamos tempo com medo de encarar os desafios, pra ficarmos paralizados diante das montanhas de problemas. É sempre no deserto que vemos os grandes milagres.
Eu sei que a chegada em um novo país não é a coisa mais fácil do mundo. Quem abraça o desafio da imigração tem que estar ciente que o começo é um começo de vida realmente. Aprender um novo idioma, sondar o mercado, fazer amigos, networking, enfim, é tudo novo. Não pense que vc vai vir e em menos de seis meses todos os seus objetivos serão alcançados. Pode até acontecer, mas é raro, é quase um milagre, pq a maioria das pessoas que chegam aqui demoram pra se estabilizar.
Mas é muito bom enfrentar todos esses desafios e ver que deu certo, que valeu a pena. Eu ainda não estou na fase do "deu certo" mas eu sei que vai dar, pq quem me trouxe pra cá é FIEL pra cumprir o que prometeu.
Que Deus nos dê uma semana abençoada!!!! Deixo aqui uma linda música pra vcs.

sexta-feira, 6 de fevereiro de 2015

Eu e o pastor

Olá meus amigos blogueiros, já é quase uma hora da manhã. Estava fazendo um trabalho do curso... tô morta!!! Resolvi vir aqui pra compartilhar com vcs uma conversa que tive com o pastor ontem a respeito do livro que eu li e não gostei.
Desde que tínhamos falado sobre o livro na semana passada eu fiquei com o meu coração arrasado. Fiquei muito triste, pq eu não sabia o que pensar. Eu tenho o maior cuidado quando eu ensino a bíblia então eu não consigo lidar bem com textos sem contexto e falsas doutrinas. Eu acho que as pessoas podem acreditar no que quiserem, desde que não usem a bíblia pra isso, pq aí eu provo por A+B o que é mentira.
Bom, eu fiquei sabendo que o pastor estava muito triste e se sentindo culpado por ter indicado o livro. Quando eu soube disso eu enviei um email pra ele pedindo desculpa por qualquer mal que eu pudesse ter causado, mas que eu realmente não tinha entendido a importância daquele livro pra um grupo que não tem um conhecimento teológico profundo. Então marcamos pra nos ver no dia seguinte, mas no mesmo dia nos encontramos por acaso no mercado e ele veio e me abraçou bem forte com os olhos cheios de lágrimas... Quase morri!!! 
Quando nos reúnimos ele me explicou que o livro é usado em seminários, inclusive ele estudou esse livro. Mas que ele chegou a conclusão que errou em indica-lo pra uma turma mista, com pessoas de diferentes idades e conhecimentos. Ele percebeu, quando eu questionei as distorções doutrinárias, que as pessoas gostaram do livro sem questionar pq não estavam preparadas pra lê-lo. Ele me disse que ficou arrasado por me ver triste e que ele orou muito pra que pudéssemos nos entender. 
Eu disse que aconteceu o mesmo comigo, que eu orei muito pq eu não queria causar nenhum problema, mas que eu não consegui ficar calada pq eu achei que tinha a responsabilidade de alertar as pessoas. Eu pedi mil desculpas e nós nos abraçamos... O Senhor foi louvado, o pastor me conheceu um pouco mais e eu amadureci com essa situação.
É muito bom quando a gente conhece pessoas que realmente têm um relacionamento com Deus. Se fosse outra pessoa poderia ter me ignorado, afinal, quem sou eu pra questionar o pastor presidente de uma igreja??? Uma brasileira que mal fala inglês, que quase ninguém conhece se achando no direito de discutir bíblia com quem é formado e com mestrado em Teológia!!! Pois é, sou eu mesma rsrsrsrsr... Mas graças a Deus o pastor é um homem de Deus, uma pessoa simples e humilde que analisou toda a situação, ouviu o meu ponto de vista, reconheceu o erro e veio me dar explicação. Isso me fez admirá-lo ainda mais.
Que o Senhor nos dê um final de semana cheio de bênçãos.

sábado, 31 de janeiro de 2015

Os brasileiros estão chegando :)

Ontem chegou mais um brasileiro pra viver aqui em Vancouver. Ele é irmão de um amigo meu.
Eu estou observando que a cada dia que passa mais brasileiros estão vindo pra cá fugindo do clima de incertezas do Brasil. Gente que está disposta a começar do zero e a investir na vida aqui.
Hoje eu estava conversando com uma amiga consultora de imigração e ela não demonstrou muito ânimo com esse novo processo. Ela está esperando que as províncias apresentem meios mais acessíveis do que o plano federal, que é bem mais restrito do que o antigo Skilled Workers. Mas isso não tem impedido os brasileiros de vir. A maioria chega aqui como estudante, faz um college, aplica pra residência e vai ficando.
É aquela velha história, um vai trazendo o outro. Vcs não tem ideia de como os cearenses estão vindo!!! acho que tem mais cearense aqui do que no Ceará mesmo rsrsrsrsrsrsr...
Vcs sabem que eu creio muito no direcionamento de Deus, né??? pois é, eu sempre me perguntei o por que de Deus ter me trazido pra cá. Pq imigrar pra cá não é pra todo mundo. Mas eu estou começando a entender. Eu acredito que Deus está trazendo muitas pessoas de fé pro Canadá pra compartilhar o amor de Deus com as pessoas que vivem aqui. É tudo tão lindo e quase perfeito que as pessoas pensam que não precisam de Deus, vivem dia após dia sem um relacionamento verdadeiro com o Senhor.
Até mesmo dentro das igrejas tem muita gente morta espiritualmente, pessoas que vão aos cultos como um hábito ou um encontro social, sem entender muito o significado da congregação. As pessoas não sabem ler a bíblia, não querem saber o que a bíblia fala e vão levando a vida com suas próprias ideias e opiniões.
Eu acredito que nós estamos vivendo o final dos tempos e que a volta de Jesus ou a vinda do Messias, como os judeus esperam, está muito próxima. A bíblia diz que no final dos tempos o amor de muitos esfriaria, que surgiriam falsos profetas, que haveria muitas guerras e rumores de guerra, enfim, tudo o que estamos vivenciando nos dias de hoje. Mas parece que ninguém está se dando conta. 
Está acontecendo o que mesmo que aconteceu na época de Noé. Enquanto Noé contruía a arca pra escapar do dilúvio as pessoas riam dele, achavam que ele era louco, que nada aconteceria. Todo mundo vivia normalmente sem se preocupar com Deus. Mas Noé sabia que Deus mandaria o dilúvio, ele sabia que precisava se preparar e quando a chuva começou a cair sem parar ninguém se salvou, só Noé, sua família e os animais que ele colocou na arca.
Mateus 24:37-39 “Pois como foi dito nos dias de Noé, assim será também a vinda do Filho do homem. Porquanto, assim como nos dias anteriores ao dilúvio, comiam, bebiam, casavam e davam-se em casamento, até o dia em que Noé entrou na arca, e não o perceberam, até que veio o dilúvio, e os levou a todos; assim será também a vinda do Filho do homem.”
Lucas 21:27 “Então verão vir o Filho do homem em uma nuvem, com poder e grande glória.”

quarta-feira, 28 de janeiro de 2015

Deus está trabalhando em mim

Essa postagem só vai fazer algum sentido para os cristãos, pq os não cristãos não vão entender muito do que eu estou falando.
Vcs sabem que eu estou fazendo um curso de liderança na igreja, né??? pois bem, antes do primeiro dia de aula eu recebi uma sacola com várias livros que seriam usados no decorrer do curso, praticamente pra ler um por mês. Eu fiquei até feliz pq seria uma forma forçada de me fazer ler, pq eu geralmente leio somente as coisas que me interessam muito. Mas eu não sabia o que estava me esperando.
Comecei a ler o primeiro livro "Spiritual Formation - Henry Nouwen" na primeira semana de janeiro sem saber quem era o autor e do que o livro se tratava. Logo nas primeiras páginas eu comecei a estranhar as coisas que ele dizia sobre vida espiritual. Eu cheguei a pensar que era o meu inglês que estava ruim e eu não estava entendo bem o que o cara estava dizendo. Mas com o passar das páginas as coisas foram ficando cada vez piores no sentido bíblico. Eu percebi que os ensinamentos do livro não estavam em conformidade com a palavra de Deus e eu fiquei me perguntando: será que a igreja nos passou esse livro pra que a gente encontrasse os erros doutrinários??? Será que o pastor realmente acredita que esse livro seja uma fonte de ensinamento cristão??? Será que eu estou sendo muito radical na minha avaliação???
Pra responder as minhas perguntas eu tinha que acabar de ler o livro e esperar o dia da discussão sobre o livro que aconteceria hoje, no final do mês. E foi o que eu fiz. Mas eu estava tão incomodada com o que eu estava lendo que eu fiquei preocupada que alguém sem intrução bíblica lesse e acreditasse nas maluquices que o autor estivesse falando, então, eu resolvi escrever um post no blog do curso com toda a minha análise sobre o livro.
Bom, eu acabei de chegar da igreja e posso dizer com segurança que Deus sempre quer desenvolver a mansidão em mim. Ele sempre me coloca em situações que eu tenho que exercer os Frutos do Espírito, principalmente a mansidão e o domínio próprio.
Eu fui pro curso da igreja pedindo a mim mesma que não desse muita opinião sobre o assunto, que ouvisse o que o pastor tivesse a dizer a respeito.
Ao chegar lá ele pediu que cada pessoa fosse falando sua opinião sobre o livro e eu comecei a ouvir que as pessoas tinham gostado, que o livro era muito bom, que teve até quem se viu no livro, enfim... Eu quase tive um troço!!!!
Respirei fundo, mas bem fundo mesmo e falei que como cristãos nós sempre temos que comparar o que lemos ou o que ouvimos com o que está escrito na bíblia, pq se fugir das escrituras não pode ser referência para as nossas vidas espiritualmente falando. Pedi que as pessoas estudassem a bíblia antes de ler outros livros e que eu tinha tranquilidade em dizer que eu não tinha encontrado nada que pudesse acrescentar na minha vida espiritual no que o Henry Nouwen estava dizendo.
O pastor enfatizou que eu estava certa, comentou alguns pontos que eu tinha abordado na minha postagem no blog, mas disse que tinha encontrado pontos positivos na leitura daquele livro. Aí o meu sangue de baiana ferveu!!! Gente, eu tive que respirar e pedir a Deus que segurasse a minha língua, mas eu tive que falar: Pastor eu não entendo. Nós somos cristãos, por que devemos buscar conhecimento espiritual de quem nunca teve uma experiência com Deus??? Esse cara nem em Jesus como salvador acreditava. Olhe nessa sala quantos alunos têm, todos eles gostaram do livro menos eu, então nós temos um problema aqui, ou eu estou completamente errada ou eles é que estão. Pq biblicamente falando esse livre é herege...
Enfim, eu deixei clara a minha opinião, mas saí da igreja arrasada!!!! Arrasada por ter falado, já que eu queria ser mansa a ponto de não falar rsrsrsr; arrasada pela falta de conhecimento bíblico das pessoas; arrasada pelo rumo que a igreja de Cristo como um todo está tomando. Pq quando uma igreja Batista tradicional não discipula seus membros na Palavra é pq ela está se distanciando de Deus e isso está acontecendo em vários lugares.
No Brasil mesmo vemos igrejas lotadas pregando prosperidade, arrancando dinheiro dos pobres, mentindo, simulando curas e milagres e as pessoas sem conhecimento algum. Os livros desse Henry Nouwen são recomendados por pastores famosos como Rick Warren e o cara nem evangélico era. Gente, estamos vivendo no final dos tempos mesmo!!! Por isso que eu fico com os versículos:
"Escondi a tua palavra no meu coração, para eu não pecar contra ti." Salmos 119:11
"Mas, ainda que nós mesmos ou um anjo do céu vos anuncie outro evangelho além do que já vos tenho anunciado, seja anátema." Gl 1:8

domingo, 25 de janeiro de 2015

Mãe mil e uma utilidades

Eu estou com preguiça de começar mais uma semana. Se eu pudesse eu já estaria de férias, mas eu sei que não posso reclamar. Estou com saúde, estou fazendo um curso bacana, já tenho um estágio garantido e estou conhecendo um monte de gente, ou seja, tá tudo muito bem, obrigada.
Mas é que ser mãe e ter uma carreira nem sempre é fácil, né??? Eu pelo menos me culpo muito por não poder me dedicar mais aos estudos de minha filha, fico pensando se eu fizesse isso ou aquilo as coisas poderiam estar melhores pra ela, enfim... Quem é mãe sabe que a gente tem que se virar nos 30 pra dar conta de tudo. Principalmente mãe imigrante sem emprego, que não tem o apoio da família por perto e nem uma secretária pra ajudar na comida e na limpeza... a vida é dura!!!! rsrsrsrsr...
Na próxima quarta irei levar minha filha a pediatra e vou ouvir a opinião dela. Continuo lendo muito a respeito e conversando com pessoas que passaram ou estão passando pela mesma situação. 
Tenho notado que muita gente que nunca enfrentou o problema de dificuldade de aprendizado de um filho não acredita que exista de fato o déficite de atenção. Por outro lado, mães e pais que têm filhos com problemas sérios de aprendizado, que afetam a auto-estima e o emocional da criança, não só acreditam como também são a favor do tratamento. 
Peço muito a Deus que me oriente e me guie pra que eu faça o melhor, pq eu não sou da área e não sou entendida do assunto. Sou uma simples mãe que caiu de paraquedas no problema.
Falando em Deus, semana passada eu e meu marido batizamos um amigo nosso. Ele já frequentava a igreja há algum tempo, mas só decidiu batizar agora e o pastor nos convidou pra fazer o batismo já que ele faz parte do nosso grupo de estudo. Confesso que o meu primeiro pensamento foi negar, já que eu achava que era uma tarefa de pastor, mas o Espírito Santo me lembrou que Felipe batizou o Eunuco e eu entendi que era um grande privilégio que o pastor estava nos dando em permitir que batizássemos um amigo. Nossa, fiquei muito feliz!!!! pelo batismos em si, que foi lindo, e pela oportunidade dada, que eu nunca tinha tido antes.
Lembram da igreja que eu tinha visitado em Langley e tinha amado??? pois é, tanto eu quanto o meu marido gostamos muito de lá e pensamos muito em congregar naquela igreja, mas oramos e o tempo foi passando, surgiu a oportunidade do curso de liderança e hoje eu entendo que Deus nos colocou na igreja de Richmond pq Ele tem um propósito conosco aqui. A cada dia que passa eu tenho mais certeza disso.
Bom gente, vou ficando por aqui. Tenham uma semana abençoada, cheia de coisas boas.
Boa noite