"Agrada-te do Senhor, e Ele satisfará os desejos do teu coração. Entrega o teu caminho ao Senhor, confia nele, e o mais Ele fará." Sl37: 4-5















domingo, 31 de janeiro de 2016

Procurando emprego

Pois é meus amigos blogueiros, pedi demissão!!! Não ganhei na loteria e nem estou nadando em dinheiro, mas não tive escolha.
Fui contratada em agosto como marketing assistant and graphic designer pra fazer e atualizar o website, a parte de mídia social e todo o material gráfico. Era como se fosse um "pau pra toda obra"na área de comunicação.
Peguei o começo de um projeto e foram meses de muito trabalho. Mas o projeto foi um sucesso de venda em pouco tempo e eu fiquei sem muita coisa pra fazer nas últimas semanas. Estava muito chato ir pro trabalho sabendo que eu não ia ter quase nada pra me ocupar. Os dias passaram a ser longos demais!!! Eu estava esperando que minha chefa me demitisse ou pedisse pra eu ficar só part-tima, mas ao invés disso  ela começou a me tratar com grosseria. No começo eu relevei, pq precisava da grana e como cristã a gente tem que ser humilde, tem que perdoar, enfim... Mas na sexta ela passou dos limites. Ela foi tão grossa que a vontade que eu tive foi de pegar as minhas coisas e sair sem nem dizer tchau, mas eu respirei fundo, voltei ao trabalho, esfriei a cabeça e educadamente dei a ela o aviso de que sairia em três semanas como estava estipulado no meu contrato de trabalho.
Eu confesso que fiquei na dúvida entre sair ou ficar, pq trabalho não tá fácil, mas na sexta pela manhã, enquanto eu dirigia pro trabalho eu fui orando a Deus com um coração contrito e aquebrantado. Eu pedi a Ele que abrisse as portas, que direcionasse a minha vida, que eu estava sentindo um peso no meu trabalho, eu não estava feliz, e, bem no mesmo dia a minha chefa me aparece como o capeta encarnado em forma de gente. Pra mim foi mais do que um sinal, foi uma resposta clara!!!
Tem uma frase beeeemmmm popular na Bahia que diz assim: Quem muito se abaixa o ... aparece.
E essa frase me veio claramente na mente. Se eu deixasse pra lá e "engolisse o sapo" eu estaria dando a ideia de que ela poderia me tratar do jeito que ela quisesse que não seria problema e isso não é verdade. Eu odeio que as pessoas sejam rudes comigo, muito mais quando não tem motivos.
Eu nunca fui uma criança que apanhava dos pais, pq eu não dava motivos. Eu nunca gostei de atrito, discussão, enfim, sempre fui da galera do paz e amor. Quando alguém me magoa ou me trata mal eu me afasto, pq eu não consigo disfarçar a minha insatisfação. Eu me sentiria muito mal se eu tivesse saído do trabalho na sexta sem ter pedido demissão. Não conseguiria nem dormir.
Mas agora é olhar pra frente, começar a busca por novas oportunidades e confiar no Senhor, pq Ele não falha.
Mudando de assunto, hoje eu vi um video lindo sobre dislexia que mostrava um professor contando aos seus alunos sobre as pessoas famosas, como Eistein, que tiveram dislexia na infância e se revelaram grandes gênios. E, enquanto eu dava banho em minha filha, eu contei a ela sobre o video. Gente, eu queria ter filmado a expressão de felicidade no rosto dela. Ela abriu um sorriso e me perguntou: Eles eram assim como eu??? 
E eu respondi: sim, eles tinham a mesma dificuldade que vc e foram pessoas muito importantes assim como vc tb vai ser.
Uma semana de bênçãos e vitórias pra todos nós.


domingo, 24 de janeiro de 2016

E a saga continua...

Oi gente, passando aqui pra agradecer as orações e dizer que eu tive uma semana bem tranquila. Senti o cuidado e o amor de Deus fluir por mim.
Mesmo ainda preocupada com o problema de escola de minha filha eu tenho a certeza de já ter feito tudo o que poderia ser feito até agora e que Deus está no controle.
Hoje eu entendo que a dificuldade dela de aprendizado está ligada não só ao déficite de atenção, mas tb a dislexia e isso, se for bem acompanhado, pode ser superado. 
Na segunda passada tive uma reunião numa Associação de Vancouver que foi muito bacana. Eles oferecem um programa especializado pra crianças como a minha filha e eu achei bem legal!!! mas não é barato... aliás, eu acho aqui tudo caro. O bom é que eles trabalham em parceria com uma ong que disponibiliza ajuda em dinheiro pra famílias que qualifiquem. Já apliquei, mandei os documentos pra essa ong e o processo está correndo. Eles estão tentando aprovar verba pra tutor, fonodióloga e psicóloga. 
Nessa semana tb eu consegui registrar minha filha numa escola cristã e numa escola pública. O school board já me deu o nome da escola na qual ela foi registrada e agora eu posso marcar uma reunião diretamente com a escola pra ver o que eles oferecem de suporte educacional. Segundo a pessoa que fez o registro, a escola vai receber o relatório da minha filha e vai ter tempo até setembro de disponibilizar o recurso necessário. Eu confesso que eu gostei do atendimento e não descartei a ideia. Mas vcs não sabem o que aconteceu!!!! Durante a semana eu liguei pra escola e uma aluna atendeu o telefone da secretaria... isso mesmo, uma aluna do elementary school!!! Na hora eu pensei que podia ser um adulto com voz de criança, pq eu achei estranho que o telefone da escola fosse atendido por uma criança, enfim... falei que queria marcar uma reunião pra discutir as necessidades da minha filha e a criança então me disse que era uma aluna e que nem a professora e nem a secretária estavam lá, pq era hora do lanche... COMO ASSIM???? e que eu deveria ligar em 15 min. Fiquei passada!!!! O que pensar??? eu não sei... aliás, eu prefiro nem pensar muito rsrsrsrsrs...
Sorry, mas o sistema público ainda não me convenceu. Vcs sabiam que todas as escolas aqui tem parques abertos??? Sim, pq os parques da escola são comunitários e são usados pela vizinhança. Como a segurança aqui é excelente eles não se preocupam com o acesso de estranhos a escola, mas eu sou brasileira e isso não me agrada muito. Eu sei que os professores ficam atentos, mas... sei lá!!! Enfim, eu estou colocando nas mãos de Deus. Estou orando e descansando.
Eu tb estou juntando documentos pra enviar uma aplicação pra uma das escolas especializadas de Vancouver. Eu não tenho $30.000 pra pagar, mas vou pela fé. Tenho certeza que o que for pra ser, será com a bênção de Deus.
Pra encerrar eu vou contar pra vcs uma conversa que eu tive com minha filha há alguns dias: eu estava colocando ela pra dormir e nós duas estávamos abraçadas. Nós tínhamos acabado de orar e eu perguntei se ela conhecia a escola que tinha na nossa rua e ela me disse: Mom, I know you want my best, but I don't want to change school. I like my school.
Naquele momento eu tive certeza do quanto ela é sensível e inteligente. Nenhuma dificuldade e nenhuma palavra contrária a vida dela prevelacerá, pq Deus está no controle.
Que Deus nos dê uma semana abençoada.

domingo, 17 de janeiro de 2016

O desafio da minha filha

Oi gente, ainda focada nas dificuldades da minha filha eu tive uma semana corrida. Busquei informações, orientações, falei com escolas, com um, com outro, e entreguei nas mãos de Deus.
Como mãe eu tenho feito de tudo que eu posso pra entender e pra buscar a melhor solução, mas como crente eu entendo que as vezes as coisas não são o que parecem ser e que eu preciso confiar em Deus pq Ele vai dar uma solução. 
Ontem aconteceu uma coisa bem interessante. Eu fui pegar minha filha num "Movie Night" na escola dela e, enquanto eu esperava, eu notei algo diferente em uma das mães. Era como se no meio de dezenas de pessoas ela fosse separada por Deus pra falar comigo. E ela se aproximou de mim e quando eu percebi já estávamos conversando e eu me abrindo com ela sobre o que eu estava passando com a minha filha. Pra minha supresa, a filha dela, já grade 6, tb tem dificuldade de aprendizado e chegou, inclusive, a estudar numa escola especial de $31.000/ ano em Vancouver, chamada Eaton. Ela me disse que os sogros ajudaram a pagar, mas que a filha dela odiou e um dia pediu que a mãe colocasse ela numa escola normal, pq ela só queria ser uma criança normal.
Nossa, isso realmente mexeu comigo!!! É claro que eu quero dar o melhor pra minha filha, mas eu quero o melhor em todos os sentidos. Não somente o melhor aprendizado se isso for sacrificar o melhor emocional ou o melhor social. Por isso eu vou continuar com as minhas pesquisas, vou continuar visitando escolas e estudando novas opções, mas vou descansar em Deus. 
Na sexta passada, no grupo de estudo bíblico, nós levantamos o desafio de orar por cada pessoa que estava presente ali durante toda a semana até a próxima reunião e eu não tenho dúvidas que Deus já começou a agir. Além dessa mãe que conversou comigo, ontem nós fomos almoçar com uma família de indianos, amigos do meu marido, e eles estão abrindo uma escola de tutoring com uma técnica de ensino da Singapura, uma das melhores do mundo, e ele ofereceu aulas de graça pra minha filha. Não sei se vai dar certo ou se é uma boa opção, mas só o fato deles se preocuparem e se disponibilizarem pra ajudar eu vejo como um cuidado de Deus.
A vida não é fácil e ninguém disse que seria, mas Jesus nos ensinou a ter bom ânimo, pq Ele venceu o mundo. 
Eu consagrei minha filha ao Senhor desde antes de concebê-la, eu a apresentei a Deus ainda no hospital com uma oração feita por um pastor que eu amava muito, então eu tenho certeza que Deus está no controle da vida dela e nenhuma dificuldade de aprendizado vai limita-la.
Que Deus abençoe a nossa semana.

domingo, 10 de janeiro de 2016

Mais um desafio

Olá amigos, a minha semana não foi das mais fáceis, mas Deus me sustentou.
Fui chamada pra uma reunião na escola da minha filha pra ouvir das dificuldades que ela tem e confesso que na hora fiquei bem chateada. É difícil vc saber que seu filho está sofrendo e vc não tem o conhecimento e nem a condição financeira necessária pra ajudar da melhor forma possível.
Ela estuda numa escola privada e tem aulas extras quase todos os dias, mas ainda assim não tem sido suficiente e nem eficiente como deveria ser. Como a escola tem 4 horas de hebraico foi sugerido que ela mudasse de escola no próximo ano pra uma escola que seja totalmente em inglês. 
No mesmo dia, pq eu não teria paz de deixar isso pro dia seguinte, eu fui no school board daqui de Richmond pra ver o que as escolas públicas podiam oferecer pra crianças com dificuldades de aprendizado e fiquei passada de ouvir a pessoa que me atendeu ressaltar o orçamento limitado e a falta de recursos pra lidar com todas as crianças com problemas parecidos com o da minha filha.
Saí de lá e fui na escola cristã, pq eu tinha que ver outras opções. Me limitar ao sistema público não me agradou nenhum pouco. 
Na Richmond Christian School eu fui informada que eles tem um ótimo programa pra crianças com dificuldade porém não sabem se vão ter vaga pro próximo ano pq a escola está completamente lotada. 
De lá eu segui pra igreja pra conversar com o meu pastor, pq o filho caçula dele nasceu com várias complicações de saúde, teve dificuldades de aprendizado e chegaram a dizer que ele nunca andaria, falaria e muito menos entraria numa faculdade. Hoje ele anda, fala e acabou de ser aceito numa universidade. Eu precisava dividir toda a minha angústia com ele, mas ele não estava na igreja e eu acabei conversando com a secretária e depois com o pastor de jovens e fiquei sabendo que um dos membros da igreja é membro do board da escola cristã. No sábado pela manhã, enquanto eu fazia um voluntariado, eu o encontrei e conversei com ele e ele ficou de sondar pra mim.
Fora isso tudo, eu descobri uma organização em Vancouver que se chama LDAV que ajuda famílias que estejam enfrentando problemas de dificuldade de aprendizado.
Infelizmente o governo não disponibiliza os recursos necessários pra atender as crianças com dificuldades, então, essa ong não só orienta como tb oferece seis bolsas de estudo por ano pra que seis crianças atendam escolas especializadas como Fraser Academy, Kenneth Gordon e James Cameron School. 
Eu visitei o site dessas escolas e a tuition é absurdamente cara!!! Um ano em uma escola dessa sai na média de $25.000. Mas realmente é uma coisa de outro mundo!!! eu soube que eles reeducam o cérebro da criança e as mudanças são fantásticas. Eu até encontrei uma dessas por $14.000 o ano, mas a de $25.000 é a melhor.
Bom, estou pedindo orientação a Deus e fazendo a minha parte, que é procurar, me informar e ajudar como eu posso, mas confesso a vcs que o que eu mais queria agora era ter esses $25.000 a mais por ano pra pagar uma escola especializada. Mas a palavra de Deus diz que o justo viverá pela fé, ou seja, as coisas pra quem servem ao Senhor não se resolvem com dinheiro na conta, sempre tem que ter a barreira do impossível e as mãos poderosas de Deus pra agirem no sobrenatural.
Eu não tenho $10.000, muito menos $25.000, mas eu tenho um Deus que é dono do ouro e da prata, um Deus que está acima de tudo e de todos e nenhuma dificuldade é maior do que o agir dEle na vida da minha filha e na vida de todos que nEle crêem.
Ontem tivemos a visita maravilhosa de um casal de amigos que moram em Edmonton e vieram sondar Vancouver pra uma possível mudança. Sem saber do que estava me afligindo eles testemunharam que o filho deles havia sido diagnosticado com autismo nos EUA e no Brasil. Com quatro anos o menino nem falava, mas eles buscaram a Deus numa jornada de fé. Foi difícil, mas uma fonodióloga, contradizendo todos os médicos, aconselhou que eles colocassem o menino numa escola normal, pq ela não acreditava que ele fosse autista. Graças a Deus ele começou a falar, a se socializar e hoje é uma criança normal.
Eu creio que tudo isso que eu estou passando agora vai ser um lindo testemunho mais pra frente para honra e glória do Senhor Jesus. A minha filha é um milagre de Deus e eu tenho certeza que as mãos do meu Senhor estão sobre a vida dela.
Que Deus abençoe a nossa semana. Uma boa noite.

sexta-feira, 1 de janeiro de 2016

2016 chegou!!!

É, amigos blogueiros, nós viramos mais um ano com a graça de Deus!!!
Quando eu olho pra 2015 eu vejo um ano de muitas realizações, conquistas, livramentos e bênçãos. É claro que o ano tb teve desafios, mas todos superados. 
Eu não sei o que me espera em 2016, mas eu peço ao Senhor que seja um ano de crescimento espiritual. Eu quero continuar andando com Deus.
Tenho visto muitas pessoas cegas espiritualmente e eu oro pra que o Senhor abra os meus olhos e não me deixe seduzir pelas coisas passageiras desse mundo, mas que Ele me mostre sempre o que tem valor eterno. Que Ele me use pra abençoar vidas e fazer a diferença onde quer que eu esteja e que eu não espere nada de ninguém pra que as minhas expectativas não sejam frustradas.
Na quarta passada eu participei de um estudo de Kabbalah, uma filosofia mística criada em cima do judaísmo.
Uns amigos judeus me convidaram e eu fui pra conhecer. Gente, Deus deixou escrito "O meu povo perece por falta de conhecimento" Oséias 4:6 e é verdade!!!
Mas o estudo foi maravilhoso no sentido de me fazer ver o quanto estamos perto do final dos tempos. Quando eu ouvi de um rabino que o mundo tem que se desenvolver eliminando todas as religiões pq na verdade todas elas levam ao criador e Moisés, Jesus e Mohammed foram profetas inspirados por Deus pra tirar o mundo da idolatria eu percebi o quanto estamos nos aproximando do final dos tempos, quando todos terão uma mesma crença e uma mesma moeda. 
As pessoas estão tão preocupadas em ser politicamente corretas, em criar um mundo "perfeito" no qual todos os caminhos levam a Deus que estão deixando de lado as escrituras.
2016 vai ser um ano em que veremos o mundo caminhar pra mais longe de Deus. Não pq eu desejo, mas pq é o que a maioria das pessoas estão buscando. Deus, pra quê Deus??? é melhor confiar em si mesmo, na sua força interior, na sua capacidade. É melhor fazer o bem e deixar esse negócio de igreja de lado, afinal, o que vale mesmo é a intenção... E assim o mundo vai se perdendo em seu próprio caminho.
Feliz ano novo pra vcs!!! Que Deus encha o coração de vcs de amor e paz e que possamos sempre nos colocar no lugar dos outros antes de agir.

sábado, 26 de dezembro de 2015

Sobrevivi a mais um natal

Oi amigos blogueiros e imigrantes, eu sobrevivi a mais um natal longe da minha família e amigos. Mesmo não sendo muito ligada a datas, as comemorações de final de ano sempre vêm repletas de melancolia, saudosismo e aperto no coração. E olha que eu já sou calejada em viver longe. Saí de casa há muuuuuito tempo!!! Mas sempre sinto aquela vontade de estar com a minha família, principalmente minha mãe e irmãs.
Graças a Deus eu não passei a noite de natal só. Estava com amigos e foi uma noite bem agradável. Teve até amigo secreto!!! Mas confesso a vcs que eu senti aquele vazio, uma sensação de "está faltando alguma coisa", sabe???
Quando a gente deixa a nossa família pra começar a vida em um outro país a gente tem que estar aberto pra fazer novas amizades que vão nos ajudar a amenizar a saudade que sentimos. Claro que nem todo mundo que a gente conhece vira amigo de verdade, pq isso depende de afinidade. Tem gente que vem, fica perto um tempo e depois vai embora como se nunca tivéssemos conhecido, mas tem outros que vêm e ficam, pq existe um laço maior.
Eu lembro que eu cresci ouvindo que os nossos amigos de verdade são os que nós cultivamos na infância, pq eles sim conhecem quem nós somos por dentro e aprendem a gostar da gente com os nossos defeitos e qualidades. Quanto mais adulto, mais difícil é pra se fazer amigos de verdade.
Por muito tempo eu pensei assim, mas na minha primeira imigração Deus me deu amigos que viraram irmãos. Dividimos um ap por 4 anos e eu posso dizer que "comemos um kilo de sal juntos" rsrsrsrs... 
Aqui no Canadá foi um pouco diferente pq eu já vim casada, mas mesmo assim eu tenho conhecido muita gente bacana tb, pessoas de diversas partes do Brasil e do mundo que tem marcado a minha vida de uma forma especial e eu sou muito grata a Deus por isso. 
Hoje mesmo eu conheci uma família de judeus brasileiros do Pará e tive uma tarde muito bacana. Cheguei no lugar pra ficar meia hora e acabei ficando três de tão boa que estava a conversa rsrsrsrs.
Eu fico imaginando que eu nunca teria oportunidade de conhecer tanta gente nova, todos os amigos que eu fiz nos EUA e aqui se eu não tivesse imigrado. Se eu tivesse ficado no Brasil a minha vida provavelmente seria com a minha família e com os mesmos amigos até o fim. Talvez conhecesse mais algumas pessoas, mas a base principal seria a mesma.
Pra encerrar, pq eu tenho que colocar minha filha no banho :) eu gostaria de desejar a vcs que a última semana de 2015 seja repleta de bênçãos. Que Deus seja sempre o centro das nossas vidas e a razão de tudo, pq dEle, por Ele e pra Ele são todas as coisas.


domingo, 20 de dezembro de 2015

Eu tenho esperança

Olá amigos blogueiros, eu dei uma sumidinha, né??? vida muito corrida!!! 
Mas graças a Deus tenho vencido os "gigantes" do dia a dia e não tenho do que reclamar. O Senhor tem trabalhado em mim e através de mim e eu, mesmo cansada, estou bem.
Apesar do frio, essa é uma época do ano que eu amo!!! natal e ano novo sempre trazem esperança e esperança é o que precisamos pra não ficarmos abatidos diante das lutas e provações.
Eu estava preparando uma palavrinha que eu vou dar no natal e eu fiquei pensando como o nascimento de Jesus foi o nascimento da esperança pro povo sofrido daquela época. E hoje não é diferente. Quando as coisas não andam bem, quando não sabemos que direção tomar ou não temos uma solução pra algo que nos pertuba nós encontramos em Deus a esperança do milagre. Pq nEle todas as coisas são possíveis e quem crê nisso não se rende. Ainda que a gente esteja na luta nós sabemos que não ficaremos nela, pq o nosso Deus está conosco.
Nós não sabemos o que 2016 nos reserva... na verdade a gente não sabe nem o que o final de 2015 tem pra gente, pq em poucos dias muitas coisas podem acontecer. Mas de uma coisa eu tenho plena certeza: Deus está no controle.
Eu não sei o tamanho da luta que vcs estão enfrentando, eu sei das minhas rsrsrsr... mas eu gostaria que vcs buscassem a esperança em Deus pra uma vida melhor. Ele é a paz que inunda os nossos corações nas piores tempestades, Ele é o conforto e o consolo nas lutas e Ele é a presença forte quando nos sentimos só.
Que o Senhor nos dê um final de ano de muita alegria, conquistas e vitórias no nome de Jesus.